Startups do Paraná vencem em evento nacional de inovação

Estado se consagrou como segundo com maior número de empresas no evento

O Paraná teve bons resultados durante a Open Innovation Week, semana de empreendedorismo com foco em inovação aberta realizada pela Fundação Getúlio Vargas e Wenovate, em São Paulo, entre os dias 22 e 24 de fevereiro, que reuniu startups de todo o país. As paranaenses Beenoculus e Encontre Um Nerd, que participaram do Desafio Paraná de Startups 2015 realizado pelo Senai no Paraná, saíram vitoriosas em duas dinâmicas diferentes do evento. “O Paraná é um estado que se consolida no ecossistema de startups, com cada vez mais organizações, coworkings e instituições de apoio ao empreendedor”, diz Caroline Aguiar, responsável pelo evento do Senai no Paraná.

Durante o Desafio Brasil, programa voltado ao empreendedorismo e à inovação para estudantes empreendedores, a empresa Encontre Um Nerd, que trabalha na conexão de clientes a profissionais qualificados em assistência técnica, ficou em primeiro lugar. O CEO da empresa, Bruno Ramos, diz que a conquista é importante pois traz visibilidade ao trabalho da Encontre Um Nerd. “Ser reconhecido é um grande passo. É muito satisfatório. Traz visibilidade e credibilidade”. Ele frisa que a participação no evento foi importante para “fortificar o contato com empresas, fazer parcerias, discutir finanças”.

Já a empresa Beenoculus, que tem um produto na área educacional, conseguiu o segundo lugar no Movimento 100 Open Startups – evento que conecta as startups a empresas que estão em busca de soluções e oportunidades para o mercado e seus clientes. A Beenoculus foi considerada uma das mais atraentes para se investir. “Isso significa que nossa proposta faz sentido para o mercado”, diz o co-fundador e diretor de Marketing da startup, Rawlinson Peter Terrabuio. Em 2015 a empresa participou do Desafio Paraná de Startups e ficou em segundo lugar dentre todos os inscritos. “Mesmo com retração na economia, estamos em processo de evolução”, acrescenta.

Paraná em destaque

Além destas duas premiações, outras startups paranaenses foram escolhidas pelo Senai Nacional e conseguiram um bônus no Edital Senai Sesi de Inovação, que busca reforçar o apoio a projetos elaborados em rede (multidisciplinares), com empresas industriais brasileiras, com startups e empresas de base tecnológica. As empresas escolhidas pelo Senai Nacional já são consideradas aprovadas na etapa de qualificação do edital – correspondente à primeira fase do processo – que será lançado neste ano. Ao todo, dez empresas de todo o Brasil conseguiram essa pontuação durante a Open Innovation Week, sendo que grande parte dessas startups são do Paraná e provenientes do Desafio Paraná de Startups.

O estado foi destaque Open Innovation Week, consagrando-se o segundo estado com maior número de empresas no evento, somente atrás de São Paulo. As startups participantes estiveram no Desafio Paraná na edição de 2015. O Senai Centro Internacional de Inovação, em Curitiba, levou cinco empreendedores como forma de premiação para a OIW e outras 11 empresas selecionadas para participar do Movimento 100 Open Startups e Desafio Brasil.

De acordo com Caroline, esse destaque nacional do estado mostra o amadurecimento do empreendedorismo paranaense. “Temos empreendedores cada vez mais maduros e mais competitivos, com negócios de alto impacto ao mercado nacional e internacional”.