Mais 26 empresas são contempladas com o Selo Clima Paraná

Certificação reconhece esforços de companhias que realizam inventários sobre emissões de gases de efeito estufa, além de adotarem iniciativas para reduzi-las

Vinte e seis empresas receberam, nesta terça-feira (7), o Selo Clima Paraná, certificação que reconhece os esforços das companhias que realizam voluntariamente inventários sobre suas emissões de gases de efeito estufa, além de adotarem iniciativas para reduzi-las. A solenidade de entrega dos selos, concedidos pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema), foi realizada em Curitiba, no Campus da Indústria do Sistema Fiep, parceiro da iniciativa.

Este é o terceiro ano seguido que a Sema entrega a certificação, criada para estimular o setor produtivo paranaense a se engajar em ações para combater as mudanças climáticas e promover uma transição competitiva para uma economia de baixo carbono. O secretário-executivo do Fórum Paranaense de Mudanças Climáticas Globais, José Rubel, responsável pela coordenação técnica do Selo Clima, destacou que a iniciativa vem ganhando novas adesões a cada ano. “Em 2015, as emissões declaradas pelas empresas participantes correspondiam a 7% das emissões da indústria do Paraná. Agora, em 2017, já alcançamos a marca de 26% das emissões da indústria”, explica.

Para o presidente do Sistema Fiep, Edson Campagnolo, isso demonstra que as indústrias paranaenses estão preocupadas com os impactos de suas atividades sobre o meio ambiente e dispostas a implantar ações para minimizá-los. “O trabalho dessas empresas que recebem o Selo Clima Paraná é um exemplo muito claro de que as pessoas e as indústrias estão realmente comprometidas com o meio ambiente”, afirmou. “O Sistema Fiep desenvolve várias iniciativas na área ambiental, tanto estimulando o engajamento das empresas quanto prestando serviços a elas nessa área. Vamos continuar apoiando iniciativas como o Selo Clima porque estamos cientes que precisamos ser proativos nessa questão”, acrescentou.

O secretário do Meio Ambiente, Antônio Carlos Bonetti, também ressaltou que o objetivo do Selo Clima é justamente incentivar maior participação das empresas nos esforços de preservação ambiental. “Queremos destacar os bons exemplos, fazendo com que isso estimule outras empresas”, disse. “Desde o lançamento do programa, com o apoio da Fiep, que é uma grande parceira, estamos observando anualmente uma adesão muito grande e de muita qualidade, de maneira voluntária. Isso é importante para que, antes da fiscalização e da punição, possamos trabalhar com a adesão das pessoas para, de maneira muito consciente, ter um resultado positivo”, completou o secretário.

Diferencial competitivo

Neste ano, 26 empresas se credenciaram para receber a certificação. Ela é concedida em três categorias: Selo Clima Paraná, que reconhece empresas que voluntariamente resolvem realizar seus inventários de emissões; Selo Clima Paraná Ouro, em que as companhias devem apresentar inventários auditados pelo INMETRO; e Selo Clima Paraná Ouro Plus, que exige a redução auditada das emissões em níveis compatíveis com o compromisso do Brasil no Acordo do Clima, celebrado em Paris, em 2015.

Para os empresários e executivos das companhias que receberam o reconhecimento, o Selo Clima é um importante incentivo para que continuem buscando melhorias na área ambiental. “A Copel tem um respeito absoluto ao tema meio ambiente e todas as nossas iniciativas têm projetos básicos ambientais rigorosos”, afirmou Sergio Luiz Lamy, diretor-presidente da Copel Geração e Transmissão S.A. “O Selo se soma a outros reconhecimentos, o que faz com que a Copel hoje componha o seleto grupo de empresas com ações na Bolsa de Valores que tem suas práticas alinhadas com o respeito ao meio ambiente”, acrescentou.

O Selo Clima Paraná foi entregue também a empresas de pequeno porte. É o caso da Alpha Energia Ltda., de Arapongas, empresa com 15 funcionários que presta serviços a grandes companhias do setor elétrico. “´Sempre tivemos uma preocupação muito grande com o meio ambiente”, disse o diretor técnico e comercial Valcideir Garcia Ferreira. “O selo, além de reconhecer esse nosso esforço, também é um diferencial competitivo para nossa empresa, especialmente porque prestamos serviços a grandes empresas que cobram isso de seus fornecedores. Então, esse é um tema que tem que estar no radar de todas as empresas, independente de seu porte”, explicou.

Conheça todas as empresas contempladas:

Selo Clima Paraná
Alpha Energia Ltda. – Arapongas
Bemis do Brasil Indústria e Comércio de Embalagens Ltda. – Pinhais
Bonetti Logística Ltda. – Francisco Beltrão
IBQ Indústrias Químicas S.A. – Quatro Barras
Emerson J. Cardoso e Cia Ltda. – Cascavel
JBS S.A. – Unidades no Paraná
Landis Gyr Equipamentos de Medições Ltda. – Curitiba
LP do Brasil OSB Indústria e Comércio – Ponta Grossa
Marini Indústria de Compensados Ltda. – Palmas
Sim Estearina Indústria e Comércio Ltda. – Palmas
Tecnotam Embalagens Industriais Ltda. – Balsa Nova
Fundição e Metalúrgica Tiger Ltda. – Primeiro de Maio

Selo Clima Paraná Ouro
Rodonorte Concessionária de Rodovias Integrada S.A. – Ponta Grossa
Copel Distribuição S.A. – Curitiba
Copel Geração e Transmissão S.A. – Curitiba
Copel – Companhia Paranaense de Energia – Curitiba
Copel Telecomunicações S.A. – Curitiba
Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) – Araucária
Ipiranga Produtos de Petróleo S.A. – Guarapuava
Ipiranga Produtos de Petróleo S.A. – Cascavel
Klabin S.A. – Armazém de Celulose – Paranaguá
Klabin S.A. – Unidade Puma – Ortigueira
Klabin S.A. – Unidade Monte Alegre – Telêmaco Borba
Sanepar – Companhia de Saneamento do Paraná – Curitiba
Farima Indústria e Comércio de Subprodutos Animais Ltda. – Tupãssi
Folem Indústria e Comércio S.A. – Enéas Marques

About Author