Institucional > FIEP

Fiep considera positivo novo corte na taxa de juros

Presidente da entidade diz que cenário econômico e implantação de reformas abrem espaço para novas quedas nos próximos meses

O novo corte na taxa básica de juros é uma importante sinalização para o setor produtivo e a tendência de queda deve prosseguir nos próximos meses, na opinião do presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo. “A atividade econômica ainda dá sinais tímidos de recuperação e, com os índices de inflação em declínio, há espaço para novas reduções na taxa de juros”, afirma.

Nesta quarta-feira (12), o Conselho de Política Monetária (Copom) decidiu pelo corte de 1 ponto percentual na taxa básica de juros, que caiu para 11,25% ao ano. A expectativa de analistas do mercado é que a taxa possa chegar próxima de 8,5% até o final de 2017.

Para Campagnolo, o Copom possivelmente vai manter a tendência de queda nos juros em sua próxima reunião, em maio. “Além de termos condições econômicas para isso, o esforço do governo para melhorar o ambiente de negócios do país, colocando em pauta reformas essenciais, é outro ingrediente que deve contribuir para que os juros voltem a patamares mais razoáveis. Isso será fundamental para a retomada do investimento produtivo e da geração de empregos no país”, diz o presidente da Fiep.

About Author